21/02/2024 08:23:18
https://saae.lucasdorioverde.mt.gov.br/site/noticias/296/

Escolas Érico Veríssimo e Márcio Schabatt vencem a 3ª edição do Festeco

Além da premiação em dinheiro, as unidades conquistaram diversos troféus nas categorias infantojuvenil e juvenil
Por Ascom Prefeitura / Carla Braganholo
23/10/2023 16:00:00

(Foto: Ascom Prefeitura / Rubens Júnior)


No último sábado (21), alunos, professores e pais participaram da noite de premiação da 3ª edição do Festival Escolar de Teatro Ecológico (Festeco). O evento é realizado pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Lucas do Rio Verde, em parceria com a Secretaria de Educação e coordenado pela Cia de Teatro Cena 1, com apoio da Sicredi. 

O Festeco tem como objetivo resgatar, preservar, fomentar, difundir e divulgar a produção artística estimulando a criatividade, assim, mostrando para as pessoas a importância de cuidar do meio ambiente, sensibilizando e conscientizando a população, em especial as crianças, adolescentes e jovens, formando cidadãos comprometidos com o mundo em que vivem para que possam ter cada vez mais qualidade de vida.

Para o diretor da autarquia, Mauricio Fossatti, o festival traz de maneira lúdica a importância dos serviços executados pelo Saae, levando em consideração a conscientização ambiental. “Foi uma noite incrível. Presenciar a animação e expectativa do resultado de cada peça apresentada é muito bacana. A autarquia trabalha diariamente pelo bem-estar da população luverdense e, presenciar o e empenho das equipes com a temática, é muito bom, pois, são as crianças e adolescentes que levam a informação para dentro de casa, onde a maioria das vezes ensinam e executam para que as pequenas ações geram grandes resultados”, destaca o diretor.

Com 10 troféus conquistados, entre os 12 concorridos, a Escola Municipal Érico Veríssimo também levou o primeiro lugar na categoria infantojuvenil com a peça “O reino encantado de Oz”. A professora, Deise Gabriela, responsável pelo texto, não escondeu a emoção. “Quando fui designada a cuidar da turma para o festival, não acreditava até onde eu seria capaz de encaminhá-los. O melhor não é o troféu e sim a sensação de dever cumprido. É uma recompensa ver que toda a organização, comprometimento e expectativas foram supridas. Esse evento me fez expressar uma arte que eu não conhecia e descobrir coisas diferentes. Eu e os alunos saímos da zona de conforto e isso foi incrível. Estamos prontos e com a cabeça cheia de ideias para o próximo ano”, afirmou a profissional da educação.

O produtor cultural, Luiz Valotta, da Cia de Teatro Cena 1, ressaltou que através da arte é possível levar informação para toda a população. “Com o teatro a gente mostra o certo e o errado, onde está o erro e como agir da maneira correta. A melhor forma de ensinar é representar, e com o teatro isso é possível, através da interpretação e linguagem fácil. Assim, conseguimos mostrar de uma forma até mesmo divertida, a consequência do descarte incorreto do resíduo e o desperdício da água, que são os temas tratados no Festeco”, conta.
 
O festival foi dividido em duas categorias: infantojuvenil (7 a 10 anos) e juvenil (11 a 15 anos). Nesta edição, participaram as escolas Eça de Queirós, Angelo Nadin, Menino Deus, Colégio Dois Mil, Escola Militar Tiradentes, Olavo Bilac, Fredolino Vieira Barros, Érico Verissímo, Dom Bosco, Marcelino Espíndola Dutra e Márcio Schabatt, totalizando 11 apresentações. 

Foram premiados os três melhores espetáculos em cada categoria. A premiação para o 1º lugar: R$ 3.000; 2º lugar: 1.500,00; e 3º lugar: R$ 500,00. Também foram premiados com troféu melhor ator, melhor atriz, melhor ator coadjuvante, melhor atriz coadjuvante, melhor texto, melhor sonoplastia, melhor cenário, melhor figurino, melhor maquiagem, melhor torcida, melhor direção e atriz/ator revelação.

Confira em anexo a lista do resultado final.

SAAE EDUCAÇÃO